1 2 3 4 5

A Associação

A Associação de Municípios do Baixo Tâmega(AMBT) formalizou-se em 17 de Maio de 2000, tendo como fundadores os municípios de Amarante, Baião, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Marco de Canaveses, Mondim de Basto.
 
É formado por um conselho directivo, que é o órgão executivo da associação e é composto por cinco membros, um presidente e quatro vogais, eleitos pela assembleia intermunicipal de entre os seus membros, designando logo o presidente.
O exercício do cargo de presidente da mesa da assembleia intermunicipal é incompatível com o de membro do conselho directivo.
 
O primeiro presidente da AMBT foi o Dr. Armindo Abreu na qualidade de representante máximo do município de Amarante. Actuamente a AMBT é presidida pelo Dr. José Luís Gaspar Jorge, presidente do município de Amarante.
 
A assembleia é o órgão deliberativo da associação onde estão representados os municípios associados e é constituído pelo presidente e por dois vereadores de cada uma das câmaras municipais, designados pelo respectivo executivo.
Os presidentes das câmaras dos municípios associados serão obrigatoriamente membros da assembleia intermunicipal podendo, no entanto, delegar a sua representação a qualquer vereador.
 
Foi Fernando Pinto de Moura, presidente do município de Mondim de Basto quem inicialmente presidiu a este orgão, ocupando actualmente as suas funções o Dr. Pedro Barros, vereador do município de Amarante.
 
A AMBT tem desde sempre privilegiado o desenvolvimento regional como sua principal motivação, entre outras actividades de dinamização económica e social relevantes para a região do Baixo Tâmega.
 
Pretende esta Associação criar e alicerçar factores de competitividade para que a região se desenvolva de uma forma homogénea e sustentável, quer ao nível económico, social e ambiental.